Brasil bate EUA nos 4x200m livre, e Thiago Pereira fica a uma medalha de novo recorde

AULAS DE NATAÇÃO SALVAM VIDAS!
24 de junho de 2015
Ouvir música antes de uma prova melhora o desempenho?
12 de agosto de 2015
Show all

Brasil bate EUA nos 4x200m livre, e Thiago Pereira fica a uma medalha de novo recorde

O Brasil teve uma disputa acirrada com os Estados Unidos nos 4x200m livre e conseguiu a medalha de ouro nesta quarta-feira no Pan de Toronto, com direito a recorde. No fim, os norte-americanos, que tinha fechado a prova em segundo lugar, acabaram eliminados (Michael Weiss usou uma tala na mão, o que é proibido), o que não tirou a emoção da disputa. Com isso, Canadá foi prata e a Venezuela ficou com o bronze.
Luiz Melo foi o primeiro a cair na água e deixou o time verde e amarelo no segundo lugar, atrás apenas da Argentina. Na sequência, João de Lucca, que já havia faturado um ouro nesta quarta, teve grande desempenho e colocou o país na liderança. Thiago Pereira e Nicolas Oliveira mantiveram a vantagem e confirmaram o primeiro lugar. O recorde anterior da prova pertencia ao próprio Brasil, no Pan de 2007.
O triunfo representou a 21ª medalha de Thiago Pereira em Jogos Pan-Americanos. Pouco antes, ele havia levado o bronze nos 200m peito. Com 14 ouros, três pratas e quatro bronzes, o brasileiro está a uma medalha de igualar o ginasta cubano Eric Lopez Rios, que é o atleta com mais pódios na história da competição.
Apesar de os brasileiros terem conquistdo o ouro no revezamento, eles ainda não receberam a medalha nesta quarta. A cerimônia de pódio foi adiada porque os norte-americanos entraram com um recurso após serem desclassificados.
“Eu queria já sair daqui hoje com este ouro do revezamento, mas os Estados Unidos recorreram e a cerimônia ficou para amanhã”, lamentou Thiago.
O resultado ainda representa a terceira medalha do Brasil por equipes na natação em Toronto. Antes, Matheus Santana, João de Lucca, Bruno Fratus e Marcelo Chierighini tinham vencido o ouro no revezamento 4x100m livre (Thiago Pereira participou da eliminatória). Além disso, a equipe feminina levara o bronze no revezamento 4x100m livre.
Ao todo, o Brasil soma 11 medalhas em dois dias de disputa da natação. Foram cinco ouros e seis bronzes. Na modalidade, o país fica atrás apenas do Canadá, que soma cinco ouros, sete pratas e um bronze.

Credito :
http://espn.uol.com.br/noticia/527547_brasil-bate-eua-nos-4x200m-livre-e-thiago-pereira-fica-a-uma-medalha-de-novo-recorde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *